sábado, 7 de novembro de 2015

Forsaken

Corporation Northeast


Release:



Em meados de 1998, Bruno Fontes resolve montar uma banda nada comum para os moradores de sua localidade. Onde tudo conspira contra qualquer manifestação não carnavalesca, eis que surge o Forsaken, a antítese, a contracultura do axé music de Salvador-BA. Na formação, Bruno Fontes (vocais e bateria), Luciano Santana (baixo) e Anderson Borges (guitarra). Nascidos e criados na cidade do carnaval, mais precisamente no bairro do Engenho Velho de Brotas, próximo onde durante muitos anos funcionou o Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira, local onde, no século XIX, pertenceu à família do poeta Castro Alves. Ainda no ano de sua criação, Bruno Reis substitui Anderson Borges e o grupo entra em estúdio para gravar a demo-ensaio "Occult".

No ano de 1999 a confraria ganha uma adesão que iria modificar sua trajetória; o tecladista Leandro Kastiphas. No mesmo ano, o Forsaken faz sua primeira apresentação para o público, e o que era apenas uma banda de grindcore, ganha contornos e características próprias que iriam influenciar muitas outras bandas do cenário underground de Salvador. A agressividade das composições somou-se à força melódica e sombria dos teclados; e a harmonia passou a ficar em primeiro plano. A segunda apresentação, com a adesão de mais um integrante, o guitarrista Anderson Costa, mais uma vez chamou a atenção do público e crítica, e o que era rotulado pelo público, até então, dedeath/doom metal, ultrapassou as fronteiras, e no final de 1999 a banda entra em estúdio para gravar a promo-track "Night Opera", onde a música passa a tocar em rádios, ganhando visibilidade em vários lugares e o status de revelação do death metal da cidade de Salvador. Na formação, vocais e levada rítmica da bateria de Bruno Fontes, os teclados fúnebres de Leandro Kastiphas, o peso do baixo de Luciano Santana e as distorções das guitarras de Bruno Reis e Danilo Zanazi. Este último como substituto de Anderson Costa.

Em 2000, Manoel Oliveira substitui Luciano Santana no baixo, e o Forsaken entra em estúdio para gravar sua primeira demo oficial "From The Darkest Poetries". Desta gravação se destaca a faixa "Forsaken", que logo depois irá fazer parte da coletânea "Brazilian Metal Compilation - Darkness Sets In", lançada pela Maniac Records (2001).

Em meados de 2002, Alisson Costa substitui o guitarrista Bruno Reis, e a banda conquista seu espaço junto com grandes nomes da cena underground de Salvador. A banda passa a tocar em várias cidades, dentro e fora do estado, conquistando a todos com suas apresentações únicas e antológicas. As exposições da banda causam surpresa a todos não somente pela força da mistura sonora ousada de agressividade com harmonia, mas como também a presença de palco de seus integrantes... narrando assim a trajetória de um movimento de contracultura ideológico-musical de sua região.

No final de 2003, Luciano Sanon substitui Manoel Oliveira e a banda continua sua saga de apresentações, conquistando mais e mais fãs...

Em 2004, foi um ano de grandes mudanças na formação e musicalidade do Forsaken: no baixo, Rafael Lima substitui Luciano Sanon e Getúlio D’ Carvalho substitui Álisson Costa. No mesmo ano, Luis Silva substitui Rafael Lima e, um pouco mais tarde, Danilo Zanazi é substituído pelo, até então, tecladista Leandro Kastiphas, que, astutamente, perpassa toda a sonoridade mórbida dos teclados para a guitarra, assinalando assim mais uma fase na história da banda.

Em meados de 2005, a banda entra em estúdio para a gravação de seu EP intitulado "Dangerous Path", produzido de forma independente, assim como os trabalhos anteriores. A evolução musical dos integrantes amplia ainda mais o alcance do som da banda que, mesmo atuando de forma independente, ganha mais público e atenção. Na formação: Alex Állen no vocal gutural, Leandro Kastiphas e Getúlio D’ Carvalho nas guitarras, Luciano Santana no baixo e Bruno Fontes na bateria e vocal rasgado. Lançado no primeiro semestre de 2006, o EP foi considerado pelos fãs e crítica especializada um dos mais marcantes trabalhos musicais produzidos no ano: "Excelente trabalho desta banda natural da Bahia que mescla com muita propriedade elementos do black metal, death metal e doom metal, com direito a toques de teclados nos momentos certos sem tirar o peso e dando um clima sombrio ao som; um convite perfeito a viagens e reflexões, e a bela arte da capa nos remete a tudo isso com perfeição. O trabalho foi feito totalmente de forma independente com produção e distribuição exclusivas da própria banda. Com certeza absoluta é um dos grandes nomes do verdadeiro underground nacional." (Fly Kintal – Manaus-AM)

Em meados de 2007, o Forsaken mostra sua musicalidade junto ao "Projeto Fortaleza Metal", uma cooperativa entre as bandas e o selo AnaitesZDP. "The Firmament", a primeira faixa do EP "Dangerous Path", representa o underground baiano. Neste mesmo ano, Gabriel Sousa substitui Getúlio D' Carvalho na guitarra.

Em maio de 2008, o Forsaken é convidado a participar do tributo da banda mineira Overdose, que comemora 25 anos de sua carreira, com a música "Your Way", do álbum "Addicted to Reality". O Forsaken apresenta uma versão death metal, sem perder a musicalidadeheavy/trash metal da versão oficial. Em novembro do mesmo ano, Gabriel Sousa deixa as atividades da banda e Ricardo Lemos é convocado para assumir a guitarra.

No início de 2009, o Forsaken participa de mais uma coletânia underground, a "Guillotine Compilation", intitulada "Tunnel of Death". Este material teve uma boa repercursão internacional, sendo divulgado nos EUA, Emirados Árabes, Filipinas, Argentina, Finlândia, dentre outros.


Corporation Northeast


Banda:Forsaken
Gênero: Death Metal\Melódico
Origem: Salvador\Ba

Active Since: 1998
Lyrical Themes: Irreligion
Current Label: Independent 

Current  Line-up:


Luciano Santana: Bass
Bruno Fontes Drums: Vocals
Leandro Kastiphas Guitars, Keyboards, Vocals
(See also: In Infernal War, ex-Kastiphas, ex-Transcendental Magick, ex-Eternal Sacrifice, ex-Mystifier)
Ricardo Lemos Guitars, Vocals
(See also: Sacrario)


Past Members:


Manoel Oliveira: Bass
(See also: ex-Carnified)
Danilo Zanazi: Guitars
Getulio De Carvalho: Guitars
Bruno Reis: Guitars
(See also: ex-Mystifier)
Gabriel Sousa Guitars
Alex Allen Vocals


Discografia:


Occult - Demo (1998)
Promo - Track Night Opera Demo (2000)
 From the Darkest Poetries - Demo (2000)
 Dangerous Path [EP] (2005)



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hail banger! a Corporation Northeast agradece a sua opnião!

Volte Sempre \m/

- Bruno Cruz - Administrador.

#CorporationNortheast #NortheastMetalhead

Posted by Corporation Northeast on Domingo, 14 de junio de 2015

Creative Commons

Licença Creative Commons
A Corporation Northeast de Bruno Cruz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://corportionnortheast.blogspot.com.br/.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...